À descoberta da cintura perdida - .

11 julho 2018

À descoberta da cintura perdida


Quem me conhece sabe que tento fazer as melhores escolhas ao nível da alimentação (fruta, muitos legumes, poucos hidratos, muita água). Com o tempo foi-se tornando mais prazer do que sacrifício e acreditem quando digo que  se tiver de escolher entre um prato cheio de legumes com peixe grelhado e um com bife e batatas fritas, opto pelo primeiro sem hesitar...porque realmente me sabe melhor.

Este caminho tem anos. Contudo, por mais peso que perdesse, tive sempre umas gordurinhas na barriga e uma cintura pouco definida. Sabia que o caminho não passava só por perder peso, porque eu queria perder gorduras apenas localizada (a cara, o rabo e o peito poderiam ficar como estão).

O  que fiz eu, então?
Decidi durante três meses não comprar roupa, evitar gastos supérfluos e canalizar esse dinheiro para algo que me ajudasse a ter um corpo que me fizesse sentir melhor. A opção que tomei foi fazer acupunctura para perder a gordura localizada- umas agulhinhas mais compridas do que o normal na região certa e depois uma técnica- eletrolipólise - que potencia os efeitos devido à estimulação feita através de corrente de baixa frequência (pequenos choques elétricos). No final de cada sessão fiz pressoterapia para ajudar na eliminação das moléculas de gordura que foram “quebradas”.

Fiz seis sessões, perdi cerca de três quilos, mas o mais importante é que perdi centímetros onde os queria perder e ganhei cintura (algo que já não me lembrava de ter). Se os resultados se conseguem se comermos tudo o que nos apetece sem quaisquer restrições? Não. Existe um plano, mas que passa mais por ser um plano de alimentação saudável do que um plano difícil de cumprir. Fiz, por vezes, alguns desvios (mas não muitos) e penso que se a perda de peso não foi mais acentuada foi porque normalmente também não faço grandes asneiras.
Se valeu a pena? Muito. Corpo mais definido, vestidinhos a assentarem melhor, autoestima mais elevada.
Agora...o mais difícil: manter!


Nota: para quem é da minha zona e quiser experimentar, fiz os tratamentos com o especialista em Acupunctura e Medicina Chinesa, Sérgio Alves, no Centro Médico Flor do Liz (Maceira).

1 comentário:

  1. É sempre bom irmos cuidando de nós para que a nossa imagem seja mais um motivo para sorrir e manter uma boa autoestima! Ah, e esse vestido assenta muito bem mesmo!
    Beijinho
    Cris

    www.lima-limao.pt

    ResponderEliminar